Terapia Intensiva de Membros Superiores

As terapias intensivas para os membros superiores têm por objetivo aumentar o uso e a qualidade de movimento dos braços e mãos, proporcionando maior funcionalidade e promovendo a participação de indivíduos com paralisia cerebral hemiplégica, acidente vascular cerebral, traumatismo crânio encefálico ou outras patologias do sistema nervoso central que culminam com a reduzida função manual em pelo menos um dos membros.

As duas abordagens intensivas mais comumente utilizadas para promoção da função manual são a Terapia de Movimento Induzido por Restrição, também conhecida por Terapia de Restrição ou Terapia por Contensão Induzida, e o Treino Bimanual. A primeira combina a restrição do membro superior menos acometido (por meio de tipóias ou luvas) com o treino intensivo de tarefas estruturadas com o membro superior acometido. Já o treino bimanual consiste no treino intensivo de tarefas estruturadas que requerem o uso combinado das duas mãos. Evidências científicas atestam a eficácia dessa modalidade terapêutica na melhora da função manual e funcionalidade dos pacientes.

Na ProAtiva a Terapia de Movimento Induzido por Restrição e o Treino Bimanual são administrados levando em conta os princípios de intensidade e estruturação das tarefas próprios das técnicas, associados a um conjunto de métodos comportamentais de reforço para aquisição dos ganhos no contexto do paciente